Sobre

Blecaute: uma revista de literatura e artes é um periódico eletrônico de acesso gratuito editado em Campina Grande-PB, cujo número inaugural veio à lume no mês de novembro de 2008. Seu primeiro editorial, intitulado “Blecaute: a escuridão que nasce literária”, já expunha o caráter da revista, que se propõe a ser um veículo inovador de comunicação e divulgação do que vem se produzindo em termo de literatura na Paraíba, no Brasil e nos países lusófonos.

Como está expresso no editorial do seu quarto número, a “Blecaute pode ser considerada um espaço importante para a produção literária local, criada a partir da sensação de um ‘apagão literário’ em Campina Grande, e até mesmo no estado, onde muitos autores possuem suas produções de qualidade, mas não têm a oportunidade de expressar sua capacidade inventiva e criativa.”

Ao longo de seus quase dez anos de história, a revista foi sendo construída, de forma independente, por contistas, poetas e ensaístas das mais diversas origens geográficas e, com isso, consolidando-se, também, como um espaço de  sociabilização literária. Além disso, como está expresso em seu décimo nono número, “a Blecaute também busca se constituir como um espaço de debates e discussões mais elaboradas, abrindo maior espaço para a crítica literária, artigos acadêmicos, resenhas e ensaios”, primando “pela qualidade dos contistas, poetas, críticos, artistas e demais intelectuais que nos honram com a publicação de um material de qualidade, merecedor dos olhos criteriosos de nossos leitores”.

Paraibana, mas não “cabra macho”: a Blecaute é da Paraíba e fala, através da internet, para o mundo, por diferentes formas e sotaques.

ISSN 2238-930X (Qualis B5 em Literatura/Linguística).